Notícia

São Borja é oficialmente a Capital Gaúcha do Fandango

11/01/2018

Nesta terça-feira, 9, São Borja deu um grande passo em direção ao desenvolvimento cultural, histórico e econômico da cidade, isso porque, recebeu, oficialmente, o título de cidade mais importante no Estado a desenvolver atividades tradicionalistas na Semana Farroupilha. A cerimônia aconteceu no Palácio Piratini, em Porto Alegre.
Com a participação do PSDB, Vereador Élvio Feltrin – que indiciou a proposição - e Deputado Estadual Lucas Redecker – que a apresentou o documento na Assembleia Legislativa – o Governador do Rio Grande do Sul José Ivo Sartori assinou a Sanção de Lei que declara São Borja como “Capital Gaúcha do Fandango”.
Da cidade, participaram: Presidente da Câmara de Vereadores André Dubal; Prefeito Municipal Eduardo Bonotto; Vice-prefeito Roque Feltrin; Presidente do Progressistas Celso Rigo; Vice-presidente do Progressistas Pedro Machado; representantes do Centro Nativista Boitatá, CTG Tropilha Crioula, CFTG Farroupilha, PTG João Manoel; e familiares.
O Deputado Redecker explicou que São Borja sempre foi a capital do fandango, mas ainda não era de direito. Agora, passa a ser e esse é um reconhecimento merecido, e todas as bancadas da Assembleia Legislativa entenderam isso.
Em entrevista a Rádio Cultura, o vereador Élvio disse que essa denominação vai trazer, para a cidade, mais turistas, desenvolver a economia e fomentar ainda mais a Semana Farroupilha e que seu dever, na condição de parlamentar, foi cumprido.
“Esse movimento iniciou a fim de reconhecer São Borja e reverenciar "bailes fandangueiros" no Estado do Rio Grande do Sul, mobilizando tradicionalistas, lideranças políticas, personalidades públicas e sociedade com o objetivo de promover ainda mais nossa cultura, atraindo ainda mais turistas e amantes das danças, culinária e música para São Borja” justificou.
Já o Prefeito Municipal Eduardo Bonotto parabenizou todos os tradicionalistas e entidades que trabalharam arduamente na realização dos Fandangos. Ele também parabenizou o vereador Élvio Feltrin, que levou o pleito para assembleia legislativa e o Deputado Estadual Lucas Redecker, que apresentou o projeto de lei ao Estado. Além da secretaria de cultura, turismo, esporte e lazer e os casais fandangueiros que abrilhantaram o evento e auxiliarão na divulgação do 2° Dia de Campo da Capital Gaúcha do Fandango e da Semana Farroupilha 2018.
Em seu discurso, o Governador José Ivo Sartori enalteceu que o fandango é uma forma de expressão da nossa cultura e história. Faz parte da identidade do nosso povo. Por isso, dar ao fandango uma capital é reconhecer a sua importância para o Rio Grande do Sul. Assim como dar o título a São Borja é reconhecer tudo o que a cidade fez e faz pelo tradicionalismo.
Texto e imagens: Ana Possobon

Ana Possobon
Assessora de Imprensa 
Câmara de Vereadores de São Borja
Tel.: (55) 3431 - 0171/ (55) 997341187 

 





 

Table 'jjbetimc_sitiojj.contador' doesn't exist