Notícia

Capacitação prepara ações integradas na prevenção ao Aedes aegypti

04/09/2019

A equipe dos agentes de endemias do Serviço de Vigilância em Saúde receberá um reforço significativo em São Borja, nas ações de prevenção e controle ao mosquito Aedes aegypti, pois serão incorporados ao trabalho os agentes comunitários de saúde. Na prática, uma integração entre as equipes do serviço de Atenção Básica e Vigilância em Saúde.
Na próxima terça-feira, dia 10, no turno da manhã, no campus local do Instituto Federal Farroupilha (IFFar), será ministrada uma capacitação conjunta e de orientações e integração tanto aos agentes de endemias quanto aos agentes de saúde. As orientações serão repassados por técnicos da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde e do Serviço de Vigilância.
O grupo de enfermeiros das 12 EFFs (Estratégias de Saúde da Família) na cidade igualmente receberá orientações. A equipe de enfermagem é responsável pela coordenação das atividades dos agentes comunitários de saúde, assim como fará o intercâmbio de Informações com a área de Vigilância da Saúde municipal.
A veterinária Janaina Leivas, técnica do Serviço de Vigilância, ressalta que, tanto em São Borja como no restante do país, existe o temor do aumento na proliferação do Aedes aegypti, com a elevação das temperaturas e o regime de chuvas mais frequentes. Ela acrescenta que isso também faz aumentar os riscos das doenças transmitidas pelo mosquito – dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela.
Na última edição do LIRA (Levantamento de Índice Rápido de Aedes), a cidade registrou incidência média de 1,4%. O índice é relativamente baixo, o que é atribuído ao inverno seco e de baixas temperaturas. São Borja, mesmo assim, continua como área de risco no Rio Grande do Sul.

Departamento de Comunicação 
Prefeitura Municipal de São Borja
055 3431-4380 - ramal 278 | 055 99600-9915

 


 

Table 'jjbetimc_sitiojj.contador' doesn't exist