21/09/2017
Desfile Centro Nativista Boitatá

Eu quero andar nas coxilhas sentindo as "flexilhas" das ervas do chão 
Ter os pés "roseteado" de campo ficar mais trigueiros com o sol de verão 
Fazer versos cantando as belezas desta natureza sem par 
E mostrar para quem quiser ver um lugar pra viver sem chorar 

É o meu Rio Grande do Sul, céu, sol, sul, terra e cor
Onde tudo que se planta cresce e o que mais floresce é o amor 
É o meu Rio Grande do Sul, céu, sol, sul, terra e cor 
Onde tudo que se planta cresce e o que mais floresce é o amor 

Eu quero me banhar nas fontes e olhar horizontes com Deus 
E sentir que as cantigas nativas continuam vivas para os filhos meus 
Ver os campos florindo e crianças sorrindo felizes a cantar 
E mostrar para quem quiser ver um lugar pra viver sem chorar
É o meu Rio Grande do Sul, céu, sol, sul, terra e cor 

Onde tudo que se planta cresce e o que mais floresce é o amor 
É o meu Rio Grande do Sul, céu, sol, sul, terra e cor 
Onde tudo que se planta cresce e o que mais floresce é o amor 

 
Table 'jjbetimc_sitiojj.contador' doesn't exist